quinta-feira, 14 de abril de 2011

e lá vem
lá de longe
chegando feito furacões
com seu rabinhos
fazendo cócegas na terra
apavorando alguns distraídos
traindo algumas previsões

independe de meteorologia
dos mapas das nações
de radares ou satélites
lá vem acariciando
crianças e anões

seu golpe é um continuum
quem escapa
não sabe o que está perdendo
quem se esconde
é detento
quem o enfrenta
vai voar

Um comentário:

floema disse...

o furacão é de fato uma intuição pelos dias que vivemos no aspecto mais planetário e cósmico possível