quarta-feira, 30 de março de 2011

a cúpula dos loucos

um incêndio destruiu a praia vermelha
seus cristais de areia
viraram brasas para eles soprarem
nos olhos de bombeiros 
e de alunos distraídos com o passado

seus descendentes com certeza
sentiram mesmo trancafiados
o calor dos seus ancestrais insanos
sentados no topo
juntos com as estátuas 

no teto da capela
onde seus corpos nunca rezaram
eles espreitavam a movimentação
o caos da segunda-feira

Um comentário:

floema disse...

o fogo queimando tudo sem distinção, como a alienação queima por dentro os loucos que se acham ou que se mordem por não serem loucos, mas que mesmo assim estão no lugar de serem