domingo, 16 de outubro de 2011

não há nada sério
tudo é sério e meio fingido
tudo é fingido e meio programado
script do que se é
e do que se sabe
do que se tem
não se é nunca
se tem um trunfo
entre os dedos de mágico

navalhas nos dentes do travesti
tudo é meio performado

3 comentários:

Jane Maciel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
floema disse...

então não nos zanguemos com as mímicas de palhaçadas e desvarios de curingas que embaralham como o vento as cartas e as páginas do script

Jane Maciel disse...

hahah pode crer!