domingo, 11 de setembro de 2011

búfalos cachorros
por algum lugar vamos passando
entre as cercas de arame farpado
vereda rasgando em fiapos
nossa estampa pintada à máquina

folhas de bananeira dos dois lados
juntam-se em um teto verde translúcido
neste teto por onde o meio dia chega

meio dia hora do claro
carro de boi de cachorro de búfalo
passa por ali na percussão da carroça
um boi um búfalo um cachorro afetuoso
um animal com pressa não destrói toda a horta

a folha da bananeira tem um verde de revolta

Um comentário:

floema disse...

a folha de bananeira chega a parecer florescente quando a toca o sol, e às vezes parece franja de cabelo, rs