terça-feira, 15 de março de 2011

suspense


viemos
não aparecemos
nem ficaremos
parados

arados
já moveram a terra
hoje ordens indiretas
por nós emanadas

existimos na carne
e na nossa imagem

carne essa apodrecerá
na química dos micróbios
seremos ativos

seguindo o silêncio

minerais, suspense

Um comentário:

floema disse...

por isso não ficarei parado nessa caminhada...não desisto de continuar plantando de sol a sol para uma boa safra chegar quando nós poderemos compartilhar com nossa aldeia, alimentar de corpo, alma e espírito nossa tribo, nossa família & amigos & hóspedes, compartilhando também com a natureza e respeitando seus ciclos. não deixo também de cultivar o espírito e o brilho da lua que reflete o sol que alimenta as plantas e o planeta...amo você jane!